Aeroporto Bartholomeu Bueno de Araraquara terá vôos regulares

Aeroporto de Araraquara terá vôos regulares
01/09/2011 




Governador autoriza adequações no aeroporto Bartholomeu de Gusmão para que empresa aérea inicie operações na cidade

 
O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, autorizou as obras de adequações no aeroporto estadual de Araraquara Bartholomeu de Gusmão para a instalação de voos regulares. A empresa área Azul confirmou o interesse em operar na cidade, com dois ou três voos diários, no início, ligando o município ao aeroporto de Viracopos, em Campinas.
 
O anúncio foi feito pelo secretário adjunto da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, Moacir Rossetti, em reunião com o prefeito Marcelo Barbieri e com os deputados Dimas Ramalho (federal) e Roberto Massafera (estadual), na manhã dessa quinta-feira (1º) em São Paulo.
 
“Apresentamos à Azul e ao Governo Estadual um relatório que demonstra a demanda por voos regulares de Araraquara e região, o que viabiliza a instalação de uma empresa aérea no município. A Azul mostrou total interesse em ir para Araraquara e com a confirmação do governador Geraldo Alckmin vamos trabalhar para que a empresa comece a operar o mais breve possível”, afirmou o prefeito Marcelo Barbieri.
 
Para Marcelo, o transporte aeroviário vai impulsionar o desenvolvimento da cidade. Segundo ele, na próxima semana será realizada uma reunião técnica entre a Prefeitura de Araraquara, o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) e representantes da Azul para definir as adequações que serão realizadas no terminal do aeroporto. As obras serão feitas por meio de uma parceria entre Prefeitura e Governo Estadual. "É uma conquista para Araraquara que só foi possível graças ao apoio dos deputados", assinalou o prefeito.
 
“Gostamos muito de Araraquara. Na reunião que tivemos na Prefeitura os empresários manifestaram interesse e a necessidade de utilizar voos regulares. Estamos bastante motivados com o potencial turístico e industrial da cidade e dos outros municípios que fazem parte da área de influência do aeroporto”, disse o diretor de Relações Institucionais da Azul, Adalberto Febeliano.
 
Segundo ele, o número de voos será definido de acordo com o mercado, mas as operações da empresa na cidade devem ter início com dois ou três voos diários. “A pista de Araraquara é muito boa e quando o aeroporto estiver adequado vamos instalar nosso cronograma”, completou Febeliano.
 
A reforma será feita seguindo as normas de segurança da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). O aeroporto deverá receber salas de embarque e desembarque, salão para check in, detectores de metal e raio x, além de serviço de combate a incêndios do Corpo de Bombeiros.
 
O deputado federal Dimas Ramalho ressaltou o bom momento econômico vivido pela cidade e a necessidade de desenvolver o transporte aeroviário para estimular o crescimento. “Já está consolidado. Agora é questão de tempo para que a Azul se instale”, salientou.
 
Para Roberto Massafera, deputado estadual, os investimentos no aeroporto e a instalação da Azul vão possibilitar a ligação da cidade ao aeroporto de Campinas, que faz conexão com o Brasil inteiro. “Isso será decisivo para a instalação de novas empresas em Araraquara. Os voos vão estimular o crescimento das empresas e consequentemente da cidade”, frisou.
 
“Araraquara, do ponto de vista logístico, é um local estratégico”, afirmou o secretário adjunto, justificando a decisão do governador em investir no aeroporto.  De acordo com Moacir Rossetti, as adequações serão feitas em duas etapas: a primeira prevê as obras que são essenciais para a operação da Azul e a segunda consiste nas edificações maiores para atender às demandas futuras.
 
De acordo com levantamento feito pela Prefeitura com as empresas de Araraquara e região, a demanda potencial é de 3.046 passageiros por mês, o que colocaria o aeroporto de Araraquara entre os de maior movimento do interior paulista. Cabe ressaltar que a pesquisa não incluiu importantes cidades como São Carlos e Matão, que também apresentam potencial econômico para voos regulares e estão na área de influência do aeroporto Bartholomeu de Gusmão. 
 

Um comentário:

Antonio B Duarte Jr disse...

Parabéns pelas dicas e artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nossos cursos online